Horário Ideal para Coleta de Gafanhotos na Depressão Central no Rio Grande do Sul

Nathália Leal Carvalho, Ervandil Correa Costa, Juliana Garlet, Danilo Boanerges Souza, Jardel Boscardin

Resumo


O objetivo deste estudo foi avaliar a influência dos principais fatores ambientais no comportamento de acridóideos, bem como o horário ideal para coleta de espécimes deste grupo. As coletas foram realizadas em uma área de campo nativo, e para a captura dos insetos utilizou-se uma rede de coleta adaptada, com a qual se percorreu a distância de 20m, nos horários: 7:30, 9:30, 11:30, 13:30, 15:30 e 17:30, sendo que em cada um dos horários coletaram-se 10 amostras. Durante a coleta, foram medidas também, as variáveis meteorológicas: pressão atmosférica, velocidade do vento, temperatura média do ar, umidade relativa do ar e luminosidade, em cada horário de coleta. Os exemplares coletados foram acondicionados em sacos plásticos e levados ao Laboratório de Entomologia da UFSM. Após a separação e montagem os espécimes, foram encaminhados ao Laboratório de Entomologia da Faculdade de Biociências da PUCRS, onde foram identificados em nível de espécie. Foram coletados 568 exemplares adultos, distribuídos em vinte e duas espécies, pertencentes a dezoito gêneros e três famílias Acrididae, Proscopiidae e Romaleidae. Neste estudo observou-se que o melhor horário de coleta para áreas de campo foi as 13:30, onde observou-se maior temperatura, fator principal que possibilitou a coleta de número superior de exemplares e maior diversidade das espécies.


Ideal Time to Collect Grasshoppers in the Central Depression in Rio Grande do Sul


Abstract. The aim of this study was to evaluate the influence of the environmental factors on the behavior of acridóideos as well as ideal time for collecting specimens of this group. The collections were made in an area of native grassland, and to capture the insects used an adapted collection network, with which it covered the distance of 20m, in times: 7:30, 9:30, 11:30 , 13:30, 15:30 and 17:30, and in each of the schedules were collected 10 samples.  In the collects, measures were also meteorological variables: air pressure, wind speed, mean air temperature, relative humidity and luminosity in each hour of collection. The collected samples were placed in plastic bags and taken to the Laboratory of Entomology UFSM. After separation and assembly were sent to the Laboratory of Entomology, Faculty of Biosciences, PUCRS, where Acridoidea were identified by Prof. Maria Katia Matiotti Coast to the taxonomic category of species. We collected 568 adult specimens, distributed in twenty two species, belonging to eighteen genera and three families Acrididae, Proscopiidae and Romaleidae. During the study it was observed that the best time for collecting field areas was 13:30, where we observed a higher temperature, the main factor that enabled the collection of higher number of copies and greater diversity of species.


Palavras-chave


Acridóideos; Amostragem; Biodiversidade; Entomologia; Biodiversity; Entomology; Faunistic; Sampling

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais



|    Licença de Uso    |     Normas para publicação (PDF)   |    Projeto do Periódico   |   Política de Privacidade    |    Currículo Lattes (Busca)    |   Scielo     |     Títulos de Periódicos ligados à Entomologia e suas Abreviações     |      Ortografa!

Indexadores:

Latindex   |   SEER/IBICT     |    Dialnet     |    Agrobase - Literatura Agrícola     |   Sumários de Revistas Brasileiras     |     DOAJ     |    CABI Abstracts     |    LivRe!       |   RCAAP   |    Diadorim    |    Electronic Journals Library   | Eletronic Journals Index  |   Fonte Acadêmica - EBSCO  |   ZooBank    |   Zoological Records    |   Agro Unitau    |    BASE (Bielfield Academic Search Engine)     

Outras fontes:

   WorldCat    |     Mendeley     |     Google Acadêmico    |    Qualis CAPES 

Copyright © 2008-2017, Entomologistas do Brasil

As opiniões técnico/científicas e mesmo pessoais, constantes nos artigos e comunicações científicas publicados no EntomoBrasilis são de inteira responsabilidade de seus respectivos autores.

 

EntomoBrasilis. ISSN Online 1983-0572 doi: 10.12741

 

 Site hospedado gratuitamente no HostingZone

Fazemos parte da ABEC (Associação Brasileira de Editores Científicos)

Filiado ao Portal de Periódicos CAPES