Riqueza de Famílias e Hábitos Alimentares em Coleoptera Capturados na Fazenda da EMPARN– Jiqui, Parnamirim / RN

Rodrigo Lucas Lima, Ricardo Andreazze, Herbet Tadeu de Almeida Andrade, Marcos Paulo Gomes Pinheiro

Resumo


Os Coleópteros podem ser encontrados nos mais variados habitats terrestres e até aquáticos, com isso se alimentam de toda a sorte de matéria vegetais e animais encontradas pelo mundo. Com tanta diversidade, para se compreender melhor sua biologia e seus hábitos alimentares eles foram categorizados em cinco grupos tróficos: carnívoros, detritívoros, herbívoros, fungívoros e algívoros. Visando identificar as famílias e os hábitos alimentares em Coleoptera adultos, foram realizadas coletas na fazenda da EMPARN–Jiqui (Empresa de Pesquisa Agropecuária do Rio Grande do Norte), em quatro áreas, sendo um Fragmento de Mata Atlântica e três monoculturas: cajueiro anão precoce, coqueiro anão verde e coqueiro híbrido gigante. O tempo foi de 26 semanas consecutivas de 1º de janeiro a 1º julho de 2005. Foi utilizada para a captura dos Coleoptera em cada área uma armadilha do tipo Malaise, na qual foram colecionados 1544 indivíduos de trinta famílias nas quatro áreas amostradas, assim distribuídos: fragmento de mata com maior número de insetos e famílias respectivamente, 692 indivíduos e 28 famílias, seguida pelo coqueiro híbrido gigante com 533 indivíduos e 20 famílias, cajueiro anão precoce com 184 indivíduos e 15 famílias e por último o coqueiro anão verde com apenas 135 indivíduos e 18 famílias. Enquanto que entre os cinco grupos tróficos, quatro foram encontrados: herbívoros, compreendendo 14 famílias; carnívoros, com 9 famílias; detritívoros, 5 famílias; e fungívoros, com apenas 4 famílias; onde as cinco famílias mais numerosas são herbívoras e juntas representam 64% de todos os coleópteros amostrados, e o remanescente de mata tem o maior numero de famílias herbívoras. Com isso o Fragmento de mata demonstra ter uma grande diversidade de entomofauna, sendo um mantenedor e distribuidor mesmo cercado por monoculturas.


Wealth of Families and Alimentary Habits in Beetles Captured in the Farm of EMPARN- Jiqui, Parnamirim/RN


Abstract. The Beetles can be found in different terrestrial and aquatic habitats and feed of a large variety of vegetal and animal substances deriving from the environment. Searching to understand this high diversity and its alimentary habits they had been categorized in five trophic groups: carnivorous, detritivorous, herbivorous, fungivorous and algivorous. Aiming to recognize these groups, identify families and its alimentary habits in adult beetles, collects were done at the EMPARN – Jiqui farm, a experimental farm placed near the city of Natal, the principal city at Rio Grande do Norte State. Four areas were studied: an Atlantic forest fragment, a precocious dwarf cashew, a green dwarf coconut palm and a giant hybrid coconut palm. During 26 consecutive weeks between January to July 2005, malaise traps were used on each area collecting 1544 beetles of 30 families distributed like this: in forest fragment were captured 692 beetles of 28 families; giant hybrid coconut palm 533 beetles of 20 families; precocious dwarf cashew 184 beetles of 15 families and green-dwarf-coconut-palm where were collected 135 specimens of 18 families. The trophic groups classification shows that herbivorous had 14 families; carnivorous, 9 families; detritivorous 5 families and fungivorous had only 4 families. The five most numerous families were herbivorous representing 64% of all the Coleoptera and in the forest fragment we had the higher number of herbivorous families of all experiment. Then, this fragment has demonstrated to have a big insect diversity being a small support and spread area even so surrounded by monocultivations and the city.


 


Palavras-chave


Coleoptera; Malaise; Grupo Trófico, Trophic Group

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais



|    Licença de Uso    |     Normas para publicação (PDF)   |    Projeto do Periódico   |   Política de Privacidade    |    Currículo Lattes (Busca)    |   Scielo     |     Títulos de Periódicos ligados à Entomologia e suas Abreviações     |      Ortografa!

Indexadores:

Latindex   |   SEER/IBICT     |    Dialnet     |    Agrobase - Literatura Agrícola     |   Sumários de Revistas Brasileiras     |     DOAJ     |    CABI Abstracts     |    LivRe!       |   RCAAP   |    Diadorim    |    Electronic Journals Library   | Eletronic Journals Index  |   Fonte Acadêmica - EBSCO  |   ZooBank    |   Zoological Records    |   Agro Unitau    |    BASE (Bielfield Academic Search Engine)     

Outras fontes:

   WorldCat    |     Mendeley     |     Google Acadêmico    |    Qualis CAPES 

Copyright © 2008-2018, Entomologistas do Brasil

As opiniões técnico/científicas e mesmo pessoais, constantes nos artigos e comunicações científicas publicados no EntomoBrasilis são de inteira responsabilidade de seus respectivos autores.

 

EntomoBrasilis. ISSN Online 1983-0572 - Prefixo doi: 10.12741

 

 Site hospedado gratuitamente no HostingZone

Fazemos parte da ABEC (Associação Brasileira de Editores Científicos)

Filiado ao Portal de Periódicos CAPES

Apoio