Famílias de Hymenoptera (Insecta) como ferramenta avaliadora da conservação de restingas no extremo sul do Brasil

Eduardo Alves Oliveira, Filipe Neves Calheiros, Daiane Silveira Carrasco, Cristina Maria Loyola Zardo

Resumo


Com o objetivo de estimar e comparar a diversidade e flutuação populacional das famílias de Hymenoptera em área de restinga foi realizado um levantamento faunístico em duas áreas de restinga com diferentes níveis de conservação. Foram coletados 5.518 himenópteros distribuídos em 30 famílias. Os picos populacionais na flutuação das famílias ocorreram no verão confirmando a alta correlação da temperatura com a distribuição das famílias. Constatou-se na restinga em sucessão maior riqueza, porém, com alta dominância, abrigando representantes dos três grupos ecológicos (antófilos, generalistas e parasitóides) em alta abundância. A restinga preservada, com 17 famílias, verificou-se mais diversa e homogênea, onde verificou-se maior abundância dos parasitóides, devido à maior estabilidade do sistema. A riqueza de famílias de Hymenoptera em áreas de restinga pode ser utilizada como parâmetro indicativo de qualidade ambiental, para este tipo de bioma.


Hymenoptera Families (Insecta) as Evaluation Tool of the Conservation of Sandbanks in Southern Brazil


Abstract. With aim to estimate and compare the diversity and population of the Hymenoptera families in a sandbank area was carried out a wildlife survey in two areas of sandbank with different levels of conservation. We collected 5 518 Hymenoptera distributed in 30 families. The peaks in the families fluctuation occurred in the summer confirmed the high correlation of temperature with the distribution of families. The sandbank in succession had the highest richness, however with high dominance, hosting representatives of the three ecological groups (anthophilous, generalists and parasitoids) in high abundance. The sandbank preserved, with 17 families, was more diverse and homogeneous, where the parasitoids showed greater abundance due to greater system stability. The richness of Hymenoptera families in sandbanks can be used as a parameter indicative of environmental quality.


Palavras-chave


Armadilha Malaise; Diversidade de Hymenoptera; Preservação; Restingas; Sucessão Biológica; Biological succession; Hymenoptera diversity; malaise trap; preservation; sandbanks;

Texto completo:

PDF

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais



|    Licença de Uso    |     Normas para publicação (PDF)   |    Projeto do Periódico   |   Política de Privacidade    |    Currículo Lattes (Busca)    |   Scielo     |     Títulos de Periódicos ligados à Entomologia e suas Abreviações     |      Ortografa!

Indexadores:

Latindex   |   SEER/IBICT     |    Dialnet     |    Agrobase - Literatura Agrícola     |   Sumários de Revistas Brasileiras     |     DOAJ     |    CABI Abstracts     |    LivRe!       |   RCAAP   |    Diadorim    |    Electronic Journals Library   | Eletronic Journals Index  |   Fonte Acadêmica - EBSCO  |   ZooBank    |   Zoological Records    |   Agro Unitau    |    BASE (Bielfield Academic Search Engine)     

Outras fontes:

   WorldCat    |     Mendeley     |     Google Acadêmico    |    Qualis CAPES 

Copyright © 2008-2018, Entomologistas do Brasil

As opiniões técnico/científicas e mesmo pessoais, constantes nos artigos e comunicações científicas publicados no EntomoBrasilis são de inteira responsabilidade de seus respectivos autores.

 

EntomoBrasilis. ISSN Online 1983-0572 - Prefixo doi: 10.12741

 

 Site hospedado gratuitamente no HostingZone

Fazemos parte da ABEC (Associação Brasileira de Editores Científicos)

Filiado ao Portal de Periódicos CAPES

Apoio